Kunsthal Rotterdam do arquiteto Rem Koolhas

0
100

Primeiro edifício deste tipo na Holanda, o Kunsthal Rotterdam abriu a 31 de Outubro de 1992. Nos seus 3300 metros quadrados, é possível organizar cinco a seis exposições simultâneas num total de 25 por ano.

Rem Koolhaas e o falecido arquiteto paisagista Yves Brunier conceberam o Museum Park que liga o Kunsthal ao Instituto Nacional de Arquitetura (Jo Coenen) e ao Boymans-van Beuningen Museum, oferecendo assim a Roterdão um complexo ultramoderno tão sofisticado como os que Amesterdão tem para oferecer.

O edifício adapta-se à considerável diferença de nível entre o parque e as ruas laterais, com uma passagem, da largura de uma rua, que atravessa a construção. Em si mesmo, o Kunsthal está cheio de surpresas, como o plástico ondulado ou o betão negro usado em certas fachadas, materiais que, com a idade, poderão representar alguns problemas.

Sala de exposições de KunsthalDo mesmo modo, a rampa de entrada que divide em dois o edifício, e que encoraja os transeuntes a atravessá-la, torna aparentemente difícil o seu acesso aos incapacitados físicos. Outros pormenores, como as grades metálicas usadas no solo de uma das galerias, não são apreciados pelas visitantes. Não se pode, deste modo, dizer que o Kunsthal seja um êxito total, mas atraiu aproximadamente 120000 visitantes no seu primeiro ano de funcionamento (de Outubro de 1992 a Outubro de 1993).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here