Tipos, formas e tamanhos de aquários

0
722

Os aquários podem ser muito diferentes em tamanho, tipo e forma. Escolhe-se o aquário que se pretende de acordo com o espaço de que se dispõe, o que se pretende e a experiência que se tem.

Formas

A forma ideal para um aquário é a paralelepipédica, em que a largura seja de tamanho igual ou de preferência superior à altura, de modo a apresentar uma maior superfície de contacto com a atmosfera. O tamanho pode variar conforme o fim a que se destina. Por exemplo, para tratamento de doenças, ou para algumas criações à parte, serve um aquário de 30x20x20 cm.

No caso dos aquários comunitários, a regra geral é ter a maior capacidade possível, pois em aquários grandes estabelece-se com rapidez um certo equilíbrio, que facilita bastante a manutenção. Para concretizar melhor, pode dizer-se que um aquário comunitário deve ter pelo menos uma frente de 50 cm e uma capacidade mínima aproximada de 60 litros.

Tipos

Aquário comunitário: A versão clássica. A forma mais difundida do aquário tropical de água doce, recomendada a aquariófilos pouco experientes. Num aquário comunitário, podem ser mantidas diferentes plantas, bem como várias famílias, géneros e espécies de peixes.

Aquário mono especifico (aquário de espécies): Para aquariófilos experientes. Ao contrário do aquário comunitário, o aquário mono especifico alberga só uma espécie, como por exemplo os ciclídeos. É importante ter em consideração as necessidades específicas dos peixes ao instalar um aquário deste tipo.

Aquário de biótopo: Para aquariófilos experientes. Na realidade, este conceito não é muito correto, visto que todo o aquário constituiu um biótopo. O que quero realmente dizer é que tanto os peixes como as plantas são provenientes do mesmo meio-ambiente natural. Um aquário de biótopo é uma reprodução tão fiel quanto possível da Natureza.

Aquário de reprodução: Só para especialistas. Normalmente, estes aquários não são muito atraentes, pelo menos do ponto de viste estético, visto o seu único objetivo ser a reprodução. Os animais reprodutores, geralmente muito valiosos, exigem uma água com qualidades muito específicas durante o período da desova, com zonas adequadas a esse fim.

Aquário de criação: Só para especialistas. Tal como acontece com o aquário de reprodução, também o aquário de criação tem uma finalidade específica, pois é nele que se mantém os alevinos até atingirem um certo tamanho. Este isolamento dos alevinos é por vezes necessário para não serem devorados pelos outros peixes. Os alevinos também têm necessidades específicas relativamente ao meio ambiente e água.

Tamanhos

Geralmente, aquariofilia rege-se por este princípio: “Quanto maior for o aquário, mais fácil se tornará a sua manutenção”. Os maiores volumes de água oferecem aos peixes e às plantas condições de vida mais estáveis. Um aquário de 80 a 100 litros seria o ideal para aquariófilos experientes.

Medidas de um aquário
Medidas de um aquário

Num aquário deste tamanho, tanto as plantas como os peixes beneficia de melhores condições de vida.

Se anda a procura de um artigo para instalar um aquário poder ir ver o nosso aqui : http://www.terravista.pt/311/aquario.html

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here