SUPREME, uma marca símbolo do Streetwear – James Jebbia

0
540

Uma marca Made In Nova Iorque

Supreme, a marca de streetwear com ressonância global! Quando começou em 1994, a Supreme era apenas uma loja que vendia roupas e acessórios para os entusiastas do skate. Criada por James Jebbia, a loja nasceu em Nova York, na esquina da Lafayette Street e da Prince Street.

Os primeiros clientes da loja eram apenas jovens skatistas e artistas independentes de Nova York. Sendo os produtos em quantidades limitadas, desde o início a loja opera em venda exclusiva. Na verdade, é preciso voltar às origens da marca para entender o ADN do rótulo americano. James Jebbia analisou o comportamento das crianças em Nova York e descobriu que elas não estavam à vestir roupas de skate.

“As roupas que as marcas de skate lançavam na época eram uma merda. Muitos de seus consumidores eram jovens. Mas onde as pessoas imaginam skatistas como crianças de 12, 13 ou 14 anos, em Nova York, eles eram mais do estilo adolescentes hardcore de 18 a 24 anos, e não usavam essas roupas. Porque não se encaixava bem e a qualidade era ruim, quando eles queriam ser bonitos para engatar garotas”

JAMES JABBIA

Então ele vai oferecer hoodies Made in Canada de alta qualidade, com um design minimalista e um nome que soará como um sentimento de revolta para os skatistas dos anos 90. Uma vez que essa comunidade se federou, só faltava oferecer peças limitadas . E o fundador da Supreme entendeu muito bem isso e vai trabalhar a volta do seu icónico logótipo, o box logo.

O site Wildly Smitten acaba de publicar a lista de 11 lojas Supreme oficiais em todo o mundo.

  • 3 lojas nos Estados Unidos
  • 2 lojas na Europa
  • 6 lojas no Japão

Uma identidade forte : SUPREME BOX LOGO

A marca adota imediatamente um retângulo vermelho com a inscrição “Supreme” em branco. James Jebbia inspirou-se para a criação deste logótipo, das obras da Barbara Kruger. Pouco a pouco, a marca abriu-se para novos universos, como a cultura hip-hop e o streetwear em geral.

Por meio de seu logótipo, a Supreme reúne uma infinidade de correntes e tendências artísticas, que vão da cultura underground, ao punk e à cultura urbana dos skatistas. É natural que vejamos a Supreme inspirada da música, arte e cultura pop para nos oferecer, por exemplo, t-shirts icónicas, como nas t-shirts de celebridades com o retrato de personalidades mundialmente famosa e sua assinatura.

Isso permitirá que a marca se torne cada vez mais popular e colabore com grandes nomes da moda como a Nike, Vans, Timberland ou Stone Island. A marca abriu várias lojas em todo o mundo, como em Paris, Londres, Tóquio…

Colaborações únicas: THE NORTH FACE, COMME DES GARÇONS, LACOSTE

Muitas celebridades como o Kid Cudi, Lady Gaga, Kate Moss ou Tyler The Creator representaram a Supreme. A comunicação e a escassez dos produtos estão no centro da estratégia da marca. As marcas de luxo seguiram essa tendência e as colaborações exclusivas começaram a surgir recentemente.

Um dos mais representativos é o da Louis Vuitton em 2017 para uma coleção de cápsulas original. Da mesma forma, a Supreme não hesita em fazer parceria com marcas especializadas em produtos para montanhas, como The North Face e suas colaborações permanentes a cada temporada. A força do Supremo reside na colaboração que aborda todos os aspetos da moda e do estilo de vida.

Assim podemos encontrar colaborações com a Nike, Lacoste, ou a Jordan. A marca conseguiu desenvolver um modelo baseado em colaborações e, apesar do número de produtos constantemente criados, a marca do James Jebbia permanece sempre no coração dos entusiastas.

Hoje, cada um dos lançamentos da marca é um evento. A Supreme aparece como a marca global de streetwear da nossa época.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui